24.4.07

Ena Pa 2000






Muito antes dos Gato Fedorento, já tinhamos o Manuel João Vieira. Sempre gostei dele, por ser verdadeiro sem medos, fazer apenas o que ama, aproveitar a vida ao máximo sem se importar com julgamentos alheios.

Numa terra de cegos, com a sua voz, pincel, visão e criatividade poderia ter sido um rei. Preferiu ser apenas "o ganda maluco do Manuel João". O que mais gosto nele, continua a ser a inteligência bem humorada (e não o humor inteligente, que isso é outra coisa), esteja o copo meio vazio ou meio cheio.

Mais fotos aqui.

1 comentário:

Pedro V. Fernandes disse...

Os Ena Pá nem são das minhas bandas favoritas, mas concordo na abordagem feita ao Manuel João... Será sempre aquele 'ganda maluko'...